USP abre novas portas para o ingresso, mas Fuvest ainda exige resistência – Estadão

Apesar do aumento das possibilidades para entrar na USP, o exame da Fuvest ainda exige resistência física e mental, além de muito conhecimento teórico. De acordo com o coordenador do Curso Poliedro de São José dos Campos, Marcio Guedes, o vestibular da Fuvest não sofreu uma alteração negativa. “No fundo, a cobrança, as exigências, o preparo, o conteúdo, a habilidade de resolver a prova, que exige três minutos por questão, e a boa elaboração da prova dissertativa, que é bem mais complexa, ainda permanecem os mesmos”, diz Guedes. Para entender mais sobre este vestibular, clique aqui.